Como conseguir financiamento em Luxemburgo para a sua ideia de negócio

by Flavia Bley
9 months ago
3022 Views

Então você tem uma ideia de negócio e precisa de capital. O que fazer? A CCBRALUX explica o processo, os caminhos possíveis e lista os bancos, investidores e órgãos governamentais em Luxemburgo que podem ser a peça fundamental para a sua empresa deslanchar.

 

Quando temos somente uma ideia

Antes de tudo, você precisa ter em mente que investidores investem em um plano e time já consolidado. Uma ideia sozinha por ela própria não está ainda no ponto de pedir investimento. Você precisa mais que isso. Você precisa de um plano de negócio conciso.

Mas calma lá, mesmo antes de um Plano de Negócios, existem opções em Luxemburgo para o futuro empreendedor. O Founder Institute tem como foco pessoas e não idéias. Se você é talentoso e motivado para trabalhar para construir uma empresa de tecnologia duradoura, então o Founder Institute quer te conhecer. Você pode ser um aspirante a fundador de uma empresa, mesmo com emprego em tempo integral, um fundador individual, ou mesmo já com o time formado e até mesmo empresas já estabelecidas que estão na fase de pré-financiamento. As inscrições para o programa desse ano se encerram no dia 27 de janeiro. Corra e clique aqui.

Quando a ideia passa para o papel

Ideias, maravilhosas ou não, todos nós temos, mas nem um milésimo dessas vão para o papel. E então, antes de tudo, você precisa escrevê-la.

Como já disse o escritor de Pequeno Príncipe Antoine de Saint-Exupéry “um ojetivo sem planejamento é só um sonho”.

Mas antes de perder tempo escrevendo-a, seja realista e pergunte-se se a sua idéia é escalável, se ela é possível e realizável, se há mercado para ela e principalmente, se você tem o time certo para realizá-la. Porque o investidor entrará com dinheiro, possivelmente dicas e conhecimento, mas o trabalho será seu (obviamente).

O Plano de negócio é essencial não somente para buscar investimento, mas para a própria criação da empresa junto ao banco, notário, etc. Para entender mais sobre um Plano de Negócios, por favor, visite o site do governo luxemburguês Guichet em francês ou em inglês.

Financiando a sua empresa

Antes de irmos para o investimento de terceiros per se, lembre-se que a melhor situação possível é que você consiga financiamento próprio, usando os seus próprios recursos ou ainda usando os recursos de familiares e amigos. Existe um termo para isso: bootstrapping.  O bootstrap é uma situação na qual um empreendedor começa sua empresa com pouco capital, fundando e construindo uma empresa a partir de finanças pessoais e crescendo com as receitas operacionais da própria empresa. E por que ela é a melhor situação? Porque não envolve uso de capital de risco e você será capaz de manter o controle sobre todas as decisões. A empresa será sua. Aliás, pedir financiamente para uma empresa que já está operando e nitidamente crescendo, é ainda mais fácil, pois sinaliza que antes de qualquer outra pessoa, você confiou na sua própria idéia e foi além.

Mas, como, infelizmente, nem toda idéia cabe no orçamento própio, há ainda outras opções antes de chegar a um venture capitalist. Pense se a sua idéia não cabe em uma ação de crowdfunding. O crowdfunding é excelente pois além do capital necessário, traz pesquisa de mercado e publicidade, tudo ao mesmo tempo. No entanto, tenha em mente que ele traz dinheiro de uma única vez, através de um único aporte, e o resto precisa crescer com as receitas operacionais da sua empresa. As maiores plataformas de crowdfunding do mundo podem ser encontradas aqui.

Além do bootstrapping e do crowdfunding, duas opções que você teoricamente não estaria se endividando, há também opções de empréstimos bancários ou governamentais para levantar recursos para a sua empresa. Visite o site da Societé Nationale de Crédit et d’Investissement para averiguar se existe alguma linha de crédito para o seu tipo de empresa. Para linhas de crédito com bancos em Luxemburgo e também com o governo de Luxemburo, por favor leia abaixo sobre como encontrar o investimento certo para o seu negócio. Você pode também ler mais sobre financiamento público no site do governo luxemburguês Guichet em francês ou em inglês.

Bom, se nenhuma das idéias acima funcionam, então você pode pensar em Equity. Basicamente, os caminhos acima seriam para que você continuasse sendo o dono da sua empresa, mas caso queira trocar ações da sua empresa por dinheiro, aí entramos no capital proveniente de Equity. Conseguir financiamento através de investidores, significa dar partes da empresa para eles. Basicamente, você entraria com o sweat equity (o seu capital é o trabalho árduo) e os investidores entrariam com o capital em troca de ações da sua empresa. Isso significa que você não é mais o único dono da sua empresa e os investidores vão poder votar em caminhos para ela.

Se esse é a solução para você, então é hora de apresentar seu projeto para diferentes investidores, fazendo o famoso pitch. Mas lembre-se, só depois de ter dominado seu plano de negócio de todos os ângulos e decorado seus mínimos detalhes!!

Tenha em mente que, durante a sua apresentação, o investidor estará se perguntando o tempo inteiro  o seguinte: “Como essas pessoas vão me gerar valor?”. Então você precisa criar valor e entregar valor. Para analisar o potencial de retorno sobre investimento, o investidor estará analisando os 4Ts da sua ideia: Tecnologia, time, tração e timing. Ou basicamente, se vocês têm a ferramenta necessária ou conhecimento necessário para colocar a ideia em prática e se essa ideia tem potencial para crescer e em quanto tempo.

A apresentação deve ser objetiva e apresentada em poucos slides. Exemplo, um slide apresentando o mercado, enfatizando o tamanho e/ou o valor dele. Números. Fatos. Um outro slide para explicar quais problemas vocês estarão resolvendo e com quais soluções. Um terceiro slide para apresentar a tração, ou seja, o poder de crescimento do seu negócio . Um quarto slide seria para mostra os planejamentos futuros e onde vocês querem chegar com essa empresa. Um último slide para apresentar o time e o porquê de vocês serem as pessoas certas para chegar onde desejam chegar e por que o investidor deve confiar o dinheiro dele na idéia de vocês.

Lembre-se que o plano é seu e ninguém conhece mais a sua idéia do que você mesmo. Na hora de apresentar o plano, seja o dono do momento. A apresentação é sua.

Para aportes menores, de 10k a 50k euros na primeira rodada, chegando a 150k a 1M euros ao total nas seguintes rodadas, você pode procurar um investidor-anjo. Para ter acesso aos investidores-anjo de Luxemburgo, dê uma olhada no site da LBAN- Luxembourg Business Angel Network.

Lembre de ter conselho legal de um bom advogado para que você não assine nada que venha a ser desvantajoso para você.

Se um investidor-anjo não é ainda o que você precisa, então a reunião será com um Venture Capitalist. Mas para chegar a esse estágio, seu plano de negócio precisa estar infalível. Os Venture Capitalists fazem aportes de 300k-3M euros na primeira rodada, chegando a 5M-20M euros nas demais rodadas.

E como encontrar esses investidores?

Antes de tudo, busque investidores que estão na mesma indústria que você e faça a pesquisa para não perder tempo apresentado para quem não investe no seu tipo de negócio. Há investidores para empresas que estão na fase inicial ou para empresas já consolidadas.

E se você leu até aqui, você merece a melhor dica de todas. O site Funding Luxembourg já fez essa triagem para você!!! Ao visitar o site, você só precisa informar qual indústria a sua empresa pertence, se ela está em estágio inicial ou mais consolidade e se ela está no Luxemburgo, na Europa ou mesmo fora da Europa.  O Funding.lu listará bancos, incubadoras, financiamentos particulares e públicos para o seu negócio. E aí é com você, super-heroi! A CCBRALUX estará torcendo e disponível para te ajudar!

Filie-se à CCBRALUX – Acreditamos no poder das conexões certas que levam a sinergias lucrativas e relacionamentos comerciais duradouros. Ao se tornar um membro de nossa Câmara, você fará parte de um grupo de empresas cuja missão é alcançar a excelência em suas áreas, compartilhando sua visão, expandindo sua rede e ampliando as fronteiras geográficas e culturais. Como membro, você terá acesso a nossos eventos exclusivos, oportunidades para comercializar seus serviços, divulgá-las para nossos membros e contribuir com artigos para o nosso boletim informativo semanal!

Essa postagem não tem o caráter e nem deve ser interpretada como um aconselhamento jurídico ou contábil. A CCBRALUX não se responsabiliza pelos prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

 

Tags: , , , , ,

2 Comments

Leave a Reply to Roque Novack Junior Cancel reply

Your e-mail address will not be published. Required fields are marked *